Privacidade de dados e Transformação Digital: Entenda qual é a relação e os principais impactos nos setores empresariais

Gutiel Farias    20 diciembre, 2021

Quase todos os setores tiveram que identificar novas maneiras de se comunicar com seus clientes, da noite para o dia. A pandemia acelerou a estratégia de comunicação digital das empresas em uma média de 6 anos, segundo o relatório COVID-19 Digital Engagement Report.

A nova economia exige repensar cadeias de valor tradicionais para se manter competitivo. Um dos principais desafios para as empresas passarem pelo processo de transformação digital é entender que, em um primeiro momento, redução de faturamento é uma realidade inevitável quando se repensa o modelo de negócio para o consumidor digital. Segundo os relatórios divulgados pela maior empresa de pesquisa de mercado de transformação digital do mundo, a International Data Corporation (IDC), podemos constatar que:

  • Os gastos globais com a transformação digital de práticas de negócios, produtos e organizações devem chegar a US $ 2,8 trilhões em 2025, mais do que o dobro do valor alocado em 2020;
  • Em resposta à pandemia, as organizações aceleraram seus investimentos em digital. Isso significa que em 2022, mais da metade da economia global será baseada ou influenciada pelo digital. Os investimentos diretos em transformação digital irão acelerar para uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 16,5% em 2022-2024, de 15,4% CAGR em 2019-2024, passando a ser 55% de todas as informações e investimentos em tecnologia de comunicações até o final de 2024.
  • As previsões do futuro dos clientes mostram que a tecnologia será a pedra angular das marcas que tentam restabelecer relacionamentos com clientes e consumidores em uma nova versão do mundo físico e digital. As organizações que se concentram na resiliência em sistemas, processos e modelos de negócios que influenciam como as empresas e marcas se relacionam com os clientes, terão sucesso no futuro de clientes e consumidores.

A relação da Privacidade de Dados com a Transformação Digital

A proteção contra o uso abusivo e indiscriminado de dados pessoais solicitados pelas empresas de diversos setores se tornou uma das principais preocupações de tratamentos de informações na internet. Com a exploração de novas tecnologias para manter o fluxo massivo do processamento de dados, a privacidade do indivíduo acaba sendo indevidamente violada para a geração de lucros financeiros.   

A partir do envolvimento do uso, tratamento ou coleta de dados, os principais impactos da transformação digital no mundo dos negócios são:

  • Transformação da experiência do cliente: A transformação do meio de relacionamento entre o cliente, terceiros e fornecedores. 
  • Transformação dos processos operacionais: A transformação dos processos operacionais baseados nos recursos digitais.
  • Transformação dos novos modelos de negócio: A transformação dos novos modelos de negócios e a implementação de novas tecnologias.

Com a aprovação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), é preciso promover a transformação digital baseando-se na construção de processos que respeitem a privacidade do usuário, que protejam os dados pessoais dos titulares e possibilitem a elaboração de estratégias cada vez mais eficientes. Com isso, a implementação de medidas de segurança para demonstrar capacidade na proteção e privacidade dos dados são extremamente necessárias para assegurar a continuidade do negócio e caso não ocorra, essas empresas podem ser vistas como não confiáveis ou até mesmo sofrer algum tipo de ataque cibernético.

Confira algumas dicas que podem ser seguidas para se preparar para a era da Transformação Digital:

  • Avaliação dos Riscos: Avalie de forma recorrente os riscos cibernéticos para identificação de possíveis gaps para a elaboração de um plano de ação corretivo e mitigação de ataques futuros. Isso possibilitará o entendimento das oportunidades de melhorias no contexto da organização.
  • Análise de Vulnerabilidades e Teste de Invasão: Explore as vulnerabilidades para identificação das aplicações vulneráveis a possíveis ataques cibernéticos, incluindo o vazamento de dados sensíveis. Também é importante medir a eficácia do seu plano de resposta à incidentes se baseando em testes de simulação com cenários reais.
  • Investimento em Tecnologia, Segurança e Adaptação dos Recursos: Estabeleça a adoção dos controles necessários para a otimização de tempo e a adaptação dos recursos manuais para digitais. Para responder às principais necessidades e tendências do mercado tecnológico, é importante o investimento em tecnologia para promover maior visibilidade da marca da empresa. É importante que toda infraestrutura de segurança esteja dentro de um ambiente seguro e confiável, o que vale para todos os segmentos de empresas e negócios.

Sobre o autor: Gutiel Farias atua no aprimoramento e desenvolvimento de soluções estratégicas de segurança cibernética, com experiência em projetos de consultoria relacionados a Privacidade e Proteção de dados e a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados)

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.